Os Novos Mutantes (The New Mutants, 2020) – Crítica Sem Spoilers
Posters para ""

Os Novos Mutantes. Já dizia o Barão de Itararé: “de onde menos se espera, daí é que não sai nada”.  Depois de vários adiamentos, alguns anos de controvérsia de muito rumores negativos na imprensa, Os Novos Mutantes finalmente chegou aos cinemas nos Estados Unidos com baixas expectativas que foram absolutamente correspondidas.

Quer mais filmes da Marvel? Confira:

Pantera Negra

Vingadores: Guerra Infinita

Vingadores: Ultimato

Capitã Marvel

Para os fãs que esperavam o “primeiro filme de terror” do MCU, Os Novos Mutantes será uma grande decepção. A aposta na mistura o terror psicológico mais denso com o drama adolescente resultou em problemas muito graves de tom: o terror não aterroriza como deveria, e o drama não se aprofunda. Dessa forma, diversos temas importantes são tratados superficialmente. Essa superficialidade é mais prejudicial do que parece, porque o desenvolvimento dos personagens e a compreensão que têm dos próprios poderes estão intrinsecamente vinculados aos seus traumas. O tom confuso da narrativa se soma ao ritmo oscilante, com o primeiro ato relativamente ágil, o segundo afundando no tédio e o terceiro baseado na ação, que, se não é de primeiro nível, pelo menos proporciona entretenimento razoável para o público.

Os Novos Mutantes

De todos os problemas de Os Novos Mutantes, o que mais se destaca é a falta de química do elenco. Alice Braga tem uma atuação sofrível, Maisie Williams (Arya Stark, de Game of Thrones)  não convence, e Henry Zaga (de Os 13 Porquês) e Chariie Heaton (de Stranger Things) parecem paródias dos próprios personagens. Resta a boa atuação de Anya Taylor Joy ( de A Bruxa e Fragmentado), que nos apresenta a personagem mais interessante  com mais camadas.

Felizmente, Os Novos Mutantes não chega a ser um desastre completo. Anya Taylor Joy e sua Ilyana Rasputin (nome ridículo e estereotipado para uma personagens russa!) protagoniza as melhores sequências de drama, com sua rebeldia e desconfiança de Danielle Moonstar e sua relação com Roberto; de ação, especialmente no confronto do terceiro ato; e de terror, cujas cenas são as únicas de todo o filme assustadores para a maioria do público, especialmente os adolescentes. Ilyana Rasputin rouba a cena e torna a experiência de Os Novos Mutantes menos ingrata do que poderia ser.

Ilyana Rasputin

Ao longo da projeção, Os Novos Mutantes pareceu-me um filme para a TV com um super-orçamento. A narrativa fraca entrega uma história de origem de cinco novos heróis, introduz novos elementos ao MCU, levanta perguntas e não dá as respostas… projetando uma trilogia que, provavelmente, não será realizada. Assim, posso afirmar, categoricamente, que Os Novos Mutantes seria um excelente episódio piloto de uma série como HeroesComo filme, fica reduzido à mediocridade, na mesma prateleira de Fênix Negra.

Not rated yet!

Os Novos Mutantes

20201 h 38 min
Overview

Cinco jovens mutantes, descobrindo suas habilidades enquanto estão em uma instalação secreta contra sua vontade, lutam para escapar de seus pecados passados e se salvar.

Metadata
Director Josh Boone
Writer
Author
Runtime 1 h 38 min
Release Date 26 agosto 2020

Nota do Razão de Aspecto

 

O que você achou?

 
[Total: 0    Média: 0/5]