O Caso Richard Jewell (2019) – Crítica
O Caso Richard Jewell

O veteraníssimo Clint Eastwood é uma das figuras mais conhecidas do cinema. Além do trabalho como ator que passa de seis décadas, ele vem se aventurando ~recentemente~ como diretor (só desde a década de 70…). Contudo, o resultado vai de pérolas oscarizadas com os Imperdoáveis e Menina de Ouro, até coisas inacreditavelmente ruins como o recente 15h17: Trem Para Paris… possivelmente o pior da carreira dele (o pior, dispardo, dos que eu vi dele). Porém, há uma parcela de filmes que se encaixam em uma categoria nem lá e nem cá. E infelizmente talvez seja o caso do genérico, exagerado, mas com um par de boas opções, o longa: O Caso Richard Jewell.

Clint trata aqui especialmente do personagem título, Richard Jewell, um segurança bem nacionalista (que novidade nos filmes dele… e isso de forma alguma é uma crítica a priori, apenas um fato) que ao alertar sobre uma bomba e salvar algumas pessoas acaba passando a principal suspeito, pois cogita-se que ele plantou o artefato lá para ser reconhecido como herói. A premissa, principalmente para quem não conhece o caso real, soa interessante.

Todavia, o como ela é tratada é que é o problema. Desde o começo sabemos que ele não é o vilão e isso mostra que o foco aqui era outro: trazer à tona o herói. Não tarda, por exemplo, para vermos as autoridades se colocando de forma abusiva para extrair do acusado uma falsa confissão, aproveitando-se do caráter patriótico de Richard Jewell – em cenas tão inocentes quanto o protagonista. O belo e competente Jon Hamm fica engessado e repetitivo aqui.

CONFIRA AS NOSSAS CRÍTICAS DOS INDICADOS AO OSCAR 2020

Em paralelo, ou nem tanto, temos a jornalista Kathy Scruggs (a bela e competente Olivia Wilde) em aparições caricatas. Ela não hesita em usar todos os artifício sexuais para conseguir a informação e não tem preocupação com as consequências da notícia. Além disso a química com Hamm não funciona. Para piorar, a resolução dela cai no arco pra lá de clichê, em momentos bastante artificiais. À parte a personagem individualmente não funcionar, como força abstrata, a pressão midiática e o frenesi que decorre das notícias e da cobertura também são bem pontuadas na tela.

Há uma polêmica envolvendo a personagem que é algo que não influencia na análise do filme, mas que pode prejudicar na campanha para premiações (que eu nem cogitaria por questões técnicas), justamente a personagem não ter limites para conseguir o furo de reportagem e o Clint deixar isso claro, inclusive a parte que ela se coloca como objeto.

O Caso Richard Jewell

Outro coadjuvante sem peso é o advogado interpretado por Sam Rockwell (o mais competente e não tão belo rsrs). Desde a cena inicial as interações dele soam marcadas. Cada fala, gesto e até pensamentos são boicotados pela câmera de Eastwood, por mais que Rockwell se esforce não consegue tirar leite de pedra.

Pra nossa sorte, o protagonista Paul Walter Hauser (que confesso não conhecia), rouba o filme e é só elogios. A fibra do caráter da figura é muito bem traçada. Somos apresentados àquela marca e em momento algum saímos do trilho. Este sim não fica caricato, por mais que ironicamente talvez seja a mais caricata das figuras. Mérito do ator e da abordagem do diretor.

Confira as nossas outras críticas dos lançamentos de 2020 no Brasil:

Frozen 2
O Farol
Ameaça Profunda
Adoráveis Mulheres
Kursk – A Última Missão
Retrato de uma Jovem em Chamas
Os Miseráveis
O Escândalo
Um Espião Animal
1917
A Divisão
A Possessão de Mary

Not rated yet!

Richard Jewell

20192 h 12 min
Overview

O filme é baseado em um artigo publicado pela Vanity Fair em 1997 e nas crônicas da vida de Richard Jewell durante os eventos que levaram ao atentado nos Jogos Olímpicos de 1996 em Atlanta, Geórgia. Jewell trabalha como um guarda de segurança para a AT&T, quando ele descobre a conspiração que resultou no Atentado ao Parque Olímpico Centenário. Ele então heroicamente salva vidas depois que uma bomba foi detonada durante as Olimpíadas de Verão de 1996. No entanto, o FBI identifica-o como um dos muitos suspeitos e isso leva a sua injusta difamação por jornalistas e pela imprensa

Metadata
Director Clint Eastwood
Writer
Author
Runtime 2 h 12 min
Release Date 13 dezembro 2019

Nota do Razão de Aspecto

 

O que você achou?

 
[Total: 0    Média: 0/5]