Maria e João – O Conto das Bruxas (Gretel & Hansel, 2020) – Crítica
Maria e João

Maria e João – O Conto das Bruxas (simplesmente Gretel & Hansel no original) traz mais uma versão da clássica história. Aqui, como é perceptível na inversão do título, o foco está em Maria (Sophia Lillis, a Bervely de It – A Coisa). O longa aposta em um viés mais voltado à história original, ou seja, NÃO é uma abordagem infantil, vale deixar isso bem claro. A proposta aqui é de um terror não tão convencional, então também não vai agradar um público ávido por sustinhos. O diretor Oz Perkins aposta na ambientação para criar a atmosfera. Contudo, tal qual nem todo jumpscare é ruim por si só, nem todo terror psicológico é bom por si só.

Aqui há um prólogo sobre uma menina que adquiriu poderes após o pai pedir auxílio para uma feiticeira para salvar a vida dela. Logo somos convidados a seguir, anos depois, a dupla principal. Contudo, o pilar da história é aquele que todos nós conhecemos: em algum momento dois jovens famintos encontram uma casa no meio da floresta e são recebidos por uma figura misteriosa (Holda, interpretada por Alice Krige) que os alimenta, mas com claras, aos nossos olhos, segundas intenções. O motivo daquelas crianças estarem ali, segue também o mote original, abandono maternal. Então temos uma camada mais pesada, como falei.

Maria e João

No primeiro ato, há um trabalho eficaz de apresentação da dupla principal sentimos o carinho de Gretel/Maria pelo irmão caçula Hansel/João (Samuel Leakey). Sophia Lillis tem um bom controle da personagem nos vários sentimentos que ela precisa, mostrando que o bom trabalho em It não foi um acaso.

Porém, no meu texto no site Cinem(ação) sobre o filme O Último Capítulo (outro longa dirigido por Oz Perkins), eu coloquei que: “A proposta contemplativa vai na contramão da maior parte dos filmes de terror do grande circuito. O que poderia ser um mérito, entrega uma narrativa morosa e vazia.” e este é o resumo do alongado segundo ato de Maria e João. Mesmo o tempo total do filme tendo menos de 1h30, sentimos um cansaço por conta da redundância das cenas sem grandes avanços na narrativa.

Como é próprio de conto de fadas, há aqui uma narração que guiará o público. Tal elemento, todavia, ajuda a enfraquecer o texto ao preencher de modo incomodo certas lacunas. Porém, mesmo eu sendo um crítico de expositividade, aqui ela tende a encaixar mais que em outros filmes. Seja por transmitir o pensamento da personagem, seja por conta do gênero. Mas sim, poderia ser usado com bem mais parcimônia.

Na parte técnica temos dois elementos destacáveis, um positivo e outro negativo. A fotografia com pouca luz e por vezes com iluminação natural rende ótimos quadros e faz com que passe muito mais da mensagem do que a referida narração – seja por esse elemento, seja pelo viés feminino temos uma vaga lembranças de A Bruxa. Já a trilha é uma acompanhante bem irritante e manipulativa em boa parte de Maria e João.

Eu sinto que a direção queria dizer algo mais (não sei se eu não atingi ou se ele não deu conta) e dar uma pegada muito própria ao projeto. No fim das contas, há um gosto amargo de que poderia haver um bom filme ali.

Confira as nossas outras críticas dos lançamentos de 2020 no Brasil:

FILMES DE FEVEREIRO:

O Preço da Verdade – Dark Waters
Sonic
O Grito
Quem me Ama, me Segue!
Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa
A Chance de Fahim
Jojo Rabbit

FILMES DE JANEIRO:
Açúcar
E Agora? Mamãe Saiu de Férias!
Com Amor Van Gogh – Um Sonho Impossível
Testemunha Invisível
Bad Boys Para Sempre
Os Órfãos
Judy: Muito Além do Arco-íris
Adoniran, Meu Nome é João Rubinato
Frozen 2
O Caso Richard Jewell
O Farol
Ameaça Profunda
Adoráveis Mulheres
Kursk – A Última Missão
Retrato de uma Jovem em Chamas
Os Miseráveis
O Escândalo
Um Espião Animal
1917
A Divisão
A Possessão de Mary
O Melhor Verão das Nossas Vidas
Um Lindo Dia na Vizinhança

Not rated yet!

Gretel & Hansel

20201 h 27 min
Overview

Há muito tempo, numa distante terra de contos de fadas, Gretel conduz o irmão para um bosque escuro em busca de comida e trabalho, encontrando em vez disso o caminho para um mal aterrorizador.

Metadata
Director Oz Perkins
Writer
Author
Runtime 1 h 27 min
Release Date 30 janeiro 2020

Nota do Razão de Aspecto

 

O que você achou?

 
[Total: 1    Média: 3/5]