Aprendiz de Espiã (My Spy, 2020) – Crítica
Posters para "My Spy"

Aprendiz de Espiã (My Spy no original) tem uma característica que às vezes usamos para rebaixar um filme, mas que também pode ser um elogio: ser um típico Sessão da Tarde. Aqui, felizmente, entra mais neste segundo grupo. A história exige um certo nível de suspensão de descrença, em prol de um carisma bastante funcional. Um agente da CIA (JJ, interpretado por Dave Bautista) consegue resolver tudo sozinho, contudo, deixando um rastro nada sutil, fazendo uma bagunça e tanto… Quando ele precisa vigiar a precoce Sophie (Chloe Coleman), de nove anos, e a mãe dela Kate (Parisa Fitz-Henley) que podem estar envolvidas em um crime, temos o nosso filme.

O longa não tem a pretensão de ser indicado a um Oscar ou ter um primor técnico. Ele tampouco quer te surpreender, pelo contrário, cada movimento é bem previsível. Mas então o que faz Aprendiz de Espiã funcionar? Além do já mencionado carisma, temos algo muito importante em filmes com essa proposta: a autoconsciência.

Parisa Fitz-Henley, Dave Bautista and Chloe Coleman star in MY SPY.

Desde o prólogo, vemos que o longa, intencionalmente, usa câmera lenta, possui lutas absurdas e personagens caricatos. Não tarda, também, para os personagens brincarem com frases de efeitos e poses espalhafatosas em explosões. Ou seja, ao assumir tais trejeitos, o diretor Peter Segal (Uma Nova Chance, Professor Aloprado 2), ameniza erros e diverte.

Tudo ao redor do personagem do Dave Bautista – ator que de Guardiões da Galáxia a Blade Runner 2049 – consegue atingir o objetivo de fazer rir. O ex-atleta tem um ótimo tempo de comédia e cai bem no esteriótipo do personagem (um bronco aparentemente sem coração, traumatizado, mas que no fundo é um amor de pessoa). A parceria com a jovem Chloe dá química e quando os dois estão em tela juntos rende as melhores cenas. Com Parisa Fitz-Henley há um certo charme e acreditamos, com uma boa dúvida bem-vinda, naquele arco. Infelizmente o mesmo não se pode dizer da experiente Kristen Schaal, que faz a parceira nerd de JJ, as piadas dela soam repetitivas e não encaixam sempre. Contudo, mais para o final do filme, a atriz/personagem encontram um caminho melhor.

MY SPY

Outro ponto de destaque em Aprendiz de Espiã são as citações, diretas ou não, a diversos filmes. Vira uma brincadeira à parte identificar as referências, eu nem vou comentar aqui quais para não estragar. O final é satisfatório dentro da proposta e abre boa margem para continuações, caso este faça sucesso nas bilheterias.

 

Confira as nossas críticas dos lançamentos de 2020 no Brasil:

FILMES DE FEVEREIRO:

Dolittle
As Invisíveis
Cicatrizes
Antologia da Cidade Fantasma
Dilili em Paris
Maria e João – O Conto das Bruxas
O Preço da Verdade – Dark Waters
Sonic
O Grito
Quem me Ama, me Segue!
Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa
A Chance de Fahim
Jojo Rabbit

FILMES DE JANEIRO:
Açúcar
E Agora? Mamãe Saiu de Férias!
Com Amor Van Gogh – Um Sonho Impossível
Testemunha Invisível
Bad Boys Para Sempre
Os Órfãos
Judy: Muito Além do Arco-íris
Adoniran, Meu Nome é João Rubinato
Frozen 2
O Caso Richard Jewell
O Farol
Ameaça Profunda
Adoráveis Mulheres
Kursk – A Última Missão
Retrato de uma Jovem em Chamas
Os Miseráveis
O Escândalo
Um Espião Animal
1917
A Divisão
A Possessão de Mary
O Melhor Verão das Nossas Vidas
Um Lindo Dia na Vizinhança

Not rated yet!

My Spy

20201 h 42 min
Overview

Um agente da CIA (Dave Bautista) de coração endurecido é enviado em uma missão secreta para vigiar uma família. Porém, o que ele não esperava era passar por poucas e boas à mercê de Sophie (Chloe Coleman), a filha precoce de nove anos de idade da família.

Metadata
Director Peter Segal
Writer Erich Hoeber, Jon Hoeber
Author
Runtime 1 h 42 min
Release Date 7 fevereiro 2020

Nota do Razão de Aspecto

 

O que você achou?

 
[Total: 0    Média: 0/5]