NEGAÇÃO – CINEMA EM UM PARÁGRAFO
Negação é um drama de tribunal, que dramatiza a luta legal da escritora Deborah E. Lipstadt (Rachel Weisz) contra David Irving (Timothy Spall), escritor que pregava a inexistência do Holocausto, nos anos 1990. Apesar do tema instigante,  Negação parece um filme para a televisão em termos de valor de produção. As interpretações são o ponto alto do filme: Rachel Weisz faz um trabalho competente, como sempre, Timothy Spall assumiu a personalidade David Irving com uma verosimilhança incrível, considerando os maneirismos mais caricaturais do personagem original, e Tom Wilkinson faz uma boa participação. Na tentativa de conferir tom documental a um filme de ficção, Negação restringe-se ao roteiro convencional e à direção minimalista, porém segura. Teria potencial para se tornar marcante, mas é inferior a outros filmes recentes sobre o mesmo tema, como Labirinto de MentirasNota 3,5/5.
 
Leia a ficha técnica aqui.
 
 
Quer mais Cinema em um Parágrafo? Confira:
 
 
 
Posts relacionados
  • 2 out 2016
  • 0
Cegonhas – A História que Não te Contaram (2016) entrega bebês fofos e esquece de entregar consistência. Gênero: Animação Direção: Doug Sweetland, Nicholas Stoller Roteiro:...
  • 26 jan 2017
  • 0
  Casais brigam, prisioneiros amam, índios são mortos  e um favorito  desponta no dia 6 de Sundance!     BAND AID EUA Mostra competitiva de...
  • 3 out 2016
  • 0
Tô Ryca! tem potencial… potencial para ser o pior filme nacional do ano. Se você gostava do Zorra Total de 5 anos atrás ou se...