John From (2016) – Cinema em um Parágrafo

O culto à carga e o mito de John From fazem parte da cultura de Vanatu, uma pequena ilha na Oceania. O diretor português João Nicolau integrou de forma metafórica, e às vezes explícita, aquele arcabouço à rotina de uma jovem. Boa parte da obra vemos, repetidamente, o dia a dia de Rita nas situações mais cotidianas: desde a relação com a amiga, passando pelos banhos de sol até a paixão pelo vizinho. E coisa se torna tão desinteressante quanto a vida de um adolescente comum pode ser. A atriz Júlia Palha até tem algum carisma e definitivamente não é culpada pelo resultado. Quando a parte fantástica aparece a coisa piora. Os elementos são tortos e os efeitos pobres, vide o papel voando e uma famigerada névoa. As analogias e os momentos onde a leveza funcionam acabam se perdendo. Nota 2/5

Ficha técnica de John From

Quer mais filmes Europeus? Veja nosso texto sobre: 

Sierranevada

Eu, Daniel Blake

The Siege of Jadotville

Posts relacionados
  • 10 maio 2016
  • 0
ALERTA: Esta crítica contém spoilers. Proceda à leitura por própria conta e risco. Confira a ficha técnica do episódio aqui     Nota Do Razão de Aspecto:   ————————————————————————————————————...
  • 1 maio 2016
  • 1
Gênero: Ação Direção:  Anthony Russo, Joe Russo Roteiro: Christopher Markus e Stephen McFeely Nota do Razão de Aspecto: Elenco:  Chris Evans, Robert Downey Jr., Scarlett Johansson, Sebastian Stan, Anthony Mackie, Chadwick...
  • 12 dez 2016
  • 0
Amor no Divã é mais um compilado de DRs com piadocas aqui e acolá. Funciona? Menos do que poderia… Gênero: Comédia Direção: Alexandre Reinecke Elenco: Antônio Petrin, Arthur...