Netflixing: O Começo da Vida (2016) – Cinema em um Parágrafo

 

O Começo da Vida é essencial para quem tem filho ou quer ter.

 

O Começo da Vida

esteve em cartaz em meados do ano passado e já está na Netflix. Este documentário trata da importância de estimular o desenvolvimento cognitivo desde o nascimento da criança. As informações podem não ser exatamente inéditas, mas o tratamento das questões foi feito com seriedade e montado de uma forma que é possível gerar reflexão, lágrimas e até se tornar a recomendação básica para os futuros pais. Destaca-se o equilíbrio na valorização do papel do pai e da mãe – em depoimentos que se complementam ao se contradizerem. Outra boa equalização feita pela diretora Estela Renner foi na alternância entre profissionais e pessoas “comuns”, em ambos os casos de vários países. Ao dar voz para os dois grupos permitiu a mescla ideal entre empatia e conhecimento. O material colhido através dos depoimentos é realmente muito rico e diverso. Os temas escolhidos foram pontuados com a calma devida, mas sem soar redundante ou maçante. Obra para ser revisitada e referenciada. Nota 5/5Quer mais análises de documentários? Confira também:

AMANDA KNOX (2016)

ERA DOS GIGANTES (2016)

JANIS: LITTLE GIRL BLUE (2016)

Posts relacionados
  • 16 dez 2019
  • 0
Como os leitores do Razão de Aspecto devem ter percebido, não fizemos cobertura episódio-por-episódio da série Watchmen, da HBO. Em algum momento do passado a intenção...
  • 20 set 2017
  • 0
No 5º dia do Festival de Brasília, o Razão de Aspecto conferiu os filmes exibidos na Mostra Brasília e na Mostra Competitiva. Pela Mostra Brasília tivemos o...
  • 31 dez 2016
  • 0
2016 não foi fácil… mas se rir é o melhor remédio, então quais foram as curas para este ano tão complicado?  Listo os cinco melhores...