Netflixing: TOO LATE (2015) – Cinema em um parágrafo

 

Too Late causa uma primeira impressão confusa. Nos primeiros minutos, parece um filme trash, pretensioso e mal executado. Uma imitação barata de filmes policiais dos anos 70. De repente, um evento muda toda a perspectiva, e o espectador é jogado na narrativa de um noir moderno. Está tudo lá: o protagonista anti-herói bizarro, a mulher de caráter duvidoso, o antagonista mórbido, a atmosfera sombria e o cenário completo do submundo, neste caso, de Los Angeles. Tudo isso reunido em uma história de crime contada de forma não linear, que consegue surpreender. A bizarrice fica completa com as interpretações, que são propositalmente grandiloquentes – isso pode incomodar. Se você gosta de se arriscar com filmes diferentes, este é o certo pra você. Nota 3,5/5.Para mais cinema em um parágrafo de filmes da Netflix:

Blue Jay

A História Real de um Assassino Falso

7 Años

Posts relacionados
  • 31 jan 2017
  • 0
Quatro longas no décimo dia do festival: Trumped, Bushwick e mais… Veja aqui o vídeo com os comentários do Maurício Costa: Cobertura Completa de Sundance 2017...
  • 10 out 2016
  • 0
    Nosso Fiel Traidor é mais um filme baseado na obra de John Le Carré.  Dima, um mafioso russo interpretado por Stellan Skarsgärd, envolve...
A Possessão de Mary - Janeiro
  • 1 fev 2020
  • 0
Janeiro tradicionalmente tem muita coisa boa, mas não é só de Oscar que vive o cinema. Confira quais são as bombas do mês. Como é...