Netflixing: 7 Años (2016) – Cinema em um Parágrafo

7 Años é produção original de Netflix.

Um grupo de 4 sócios precisa decidir qual deles irá para a prisão para livrar a cara do resto. Escolher quem vai ficar preso por 7 anos tem consequências óbvias para o “sortudo” e para os demais – já que terão que lidar com a culpa. Sorte, aliás, é um fator que os personagens não querem nem saber… então ao invés de um sorteio simples, acabam tendo longos debates e embates para decidir quem vai ser encarcerado. Questões éticas, emocionais, profissionais são postas na mesa. O argumento em 7 Años poderia, portanto, gerar um filme interessante, contudo não é o que ocorre… Atitudes improváveis, diálogos forçados, atuações sem carisma e uma câmera que não cansa de transitar tropegamente nos tiram da imersão da obra. Uma ideia simples, barata e que poderia chamar atenção dos amantes de bons diálogos é jogada fora aqui. 7 Años não é um desastre completo, porém se torna cansativo (e olha que tem menos de 80 minutos) e esquecível. NOTA: 2/5

Leia a ficha técnica aqui.

Mais cinema em um parágrafo:

Deixa-me Viver (2016)

Trolls (2016)

Raça (2016)

Posts relacionados
  • 15 jan 2017
  • 1
  No dia 19 de janeiro, começa o Festival de Sundance – o maior e mais importante festival de cinema independente do mundo. Durante 11...
  • 18 fev 2017
  • 0
Minha Vida de Abobrinha está indicado para melhor Animação no Oscar 2017 e mereceria o prêmio. Gênero: Animação Direção: Claude Barras Roteiro: Céline Sciamma Elenco: Gaspard Schlatter, Michel...
  • 4 dez 2016
  • 0
Maurício Costa comentou o filme Cubano Viva, logo após a sessão no Espaço Itaú de Cinema. Nota do Razão de Aspecto: