UM NAMORADO PARA A MINHA MULHER (2016) – CINEMA EM UM PARÁGRAFO

Um Namorado Para a Minha Mulher foi o último longa do ator Domingos Montagner que faleceu mês passado.
Um pouco depois do lançamento de Um Namorado Para a Minha Mulher, o ator Domingos Montagner faleceu em uma tragédia no Rio São Francisco enquanto gravava a novela Velho Chico. O papel dele é bem inusitado. Ele fez uma figura misteriosa e galante, com tom meio cartunesco. O nome do personagem é Corvo, daí você tira… Dá para dizer que ele é o termômetro do filme: se você comprar a bizarrice vai ter uma boa experiência ali. Caso contrário, o filme irá ruir. Mas Um Namorado Para a Minha Mulher também conta com uma ótima dupla de protagonistas interpretados pela dupla Ingrid Guimarães e Caco Ciocler. Uma comédia romântica sem um casal que convença tende ao fracasso. Os dois seguram bem as pontas e tem carisma, de maneiras diferentes. Alguns detalhes fazem deste filme muito mais eficaz que os colegas do gênero. Há muitas piadas onde temos quebra de expectativa, ou seja, o humor não é tão óbvio. A trilha, quase sempre diegética, ajuda a compor muito bem o cenário narrativo e interage com os personagens de forma fluida. O design de produção e figurino também acrescentam e claramente foram pensados e não só usados de forma genérica. O longa ainda está em cartaz e pode ser uma boa pedida para quem quer ter uma experiência leve e ver o último trabalho de Montagner. NOTA: 4/5

Leia a fica técnica aqui.
Quer mais cinema em um parágrafo? Confira:

Mascots (2016)

Posts relacionados
51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro
  • 23 set 2018
  • 0
No nono, e último, dia do 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro foram exibidos, na Mostra Competitiva, 3 filmes: os curtas Reforma e BR3 e o...
  • 9 jun 2016
  • 1
Gênero: Terror Direção: James Wan Roteiro: Carey Hayes, Chad Hayes, James Wan Elenco: Abhi Sinha, Adrien Ryans, Alexa Najera, Frances O’Connor, Javier Botet, Jennifer Collins, Madison Wolfe, Maria Doyle...
  • 21 dez 2016
  • 0
Blue Jay é uma pérola de sensibilidade e sutileza como narrativa de um romance fracassado. Mark Duplass e Sarah Paulson têm a química perfeita como...