#UberXTáxis – Novo documentário de Maurício Costa

Táxi no Brasil sempre foi coisa para ricos ou ocasiões excepcionais. Depender do transporte público em Brasília é um martírio. Qualidade baixa, tarifa alta. Pagar o preço dos carros brasileiros beira a estupidez, mas é a única saída para a classe média brasiliense. E assim temos uma frota de carros desproporcional a população. Junte isto com o inchaço urbano de Brasília, e do entorno, e temos um problema insolúvel. Um dos maiores problemas para a qualidade de vida em Brasília é a mobilidade urbana.

O Uber chegou como uma novidade nesta equação, e conquistou muito rápido a aprovação dos consumidores. Mas os problemas antigos persistem, e novos surgiram. Seriam os aplicativos uma concorrência desleal com os taxis? Quais as condições de trabalho de um motorista de Uber? Seria um transporte mais seguro e eficiente, ou o oposto? O conflito entre as modalidades antiga e nova de transporte individual de passageiros é um assunto quente, envolvendo questões sociais, econômicas, políticas e de segurança.

O segundo documentário de Maurício Costa aborda estas questões em detalhes. Assim como em #EradosGigantes, temos uma coletânea de depoimentos de algumas das principais autoridades e especialistas do assunto, bem como de motoristas e taxistas. O termo entrevista talvez não seja o mais adequado para descrever esta fala dos convidados. A escolha da montagem de uma linha narrativa se faz não por um jogo de perguntas e respostas, mas pela edição dos depoimentos, alternando, de forma temática, as vozes dos vários participantes. Assim a montagem acaba por criar um diálogo entre vozes diversas, as vezes antagônicas. Isto fica claro pela oposição entre os discursos dos taxistas e motoristas do Uber, como também entre a fala dos deputados distritais Prof. Israel e Chico Vigilante, entre outros.


Esta contraposição entre as diversas vozes é o ponto mais forte do documentário. Há argumentos dos dois lados da polêmica, apresentados de forma coerente e lógica. Fica claro que não existe uma resposta fácil e única. A única voz que infelizmente se fez pouco presente é a do usuário, apenas em breves twites.

A alternância entre os vários pontos temáticos acontece de forma bem fluída e orgânica. Não sentimos separações ou saltos narrativos. Muito disto vem da escolha de quais trechos dos depoimentos usar nas transições. Mas o uso de animações com temas dos aplicativos, cenas do trânsito brasiliense, e imagens de twites dos usuários fazem tudo ficar ainda mais fluido. Aqui temos o mérito não só de uma boa edição, mas também da fotografia e trilha sonora. Há momentos, contudo, que assuntos abordados em um momento do filme se repetem, devido ao intertexto entre os vários pontos abordados. Uma repetição talvez inevitável, mas que pode cansar o público.

Algumas vezes a excelente trilha invade levemente os depoimentos, alguns poucos segundos. Também por vezes, propositalmente, o áudio do depoimento não coincide com imagem exibida. Temos ainda uma marca estilística de Maurício Costa de mostrar ocasionalmente câmeras e diretor, breves imagens de bastidores. Isto esteve presente em #EradosGigantes, e é usado com mais frequência em #UberXTáxis. Estas escolhas estéticas me causam uma suspensão da imersão, e acabo me percebendo assistindo um documentário.

 

De nenhuma forma eles pequenos problemas impedem o filme de atingir o seu objetivo: levar o espectador a questionar o que ele acredita saber sobre a questão da chegada dos aplicativos de transporte individual. E isto sem ser panfletário ou enfadonho. Acredito que todos irão sair do filme sentindo ter aprendido algo, mas sem se sentir tendo ido a um aula. Aprendido algumas respostas, e, mais importante, algumas perguntas que poucos fazem. E a principal lição final que levamos não é se o Uber e assemelhados são a solução moderna, ou se o taxi deve ser protegido, ou se ambos devem ser alterados. A lição principal é que este debate está longe de ser simples, e posições apressadas e sectárias não irão ajudar.

 

 

 

 

 

 

Not rated yet!

 #UberXTáxis

20181 h 49 min
Overview

#UberXTáxis discute a chegada do aplicativo Uber e de seus concorrentes em Brasília e no Brasil como plataforma de debate para a mudança provocada no mundo pela inovação tecnológica na economia e nos ecossistemas de mobilidade urbana. O documentário conta com a participação da Uber e de seus principais concorrentes, 99 e Cabify, com representantes dos taxistas, especialistas em direito da concorrência e em mobilidade urbana. Com base na experiência de Brasília e do Brasil, os Deputados Distritais Prof. Israel e Chico Vigilante, o Secretário de Mobilidade Urbana do DF Fábio Damasceno e os Deputados Federais Carlos Zarattini e Daniel Coelho, propositor e relator do projeto de regulamentação aprovado na Câmara dos Deputados, conduzem o debate sobre a polêmica envolvendo os aplicativos nas questões trabalhistas, concorrência desleal, qualidade, efeitos para os taxistas, segurança e assédio sexual. #UberXTáxis trata de tema atual e urgente na era da inovação tecnológica.

Metadata
Director Maurício Costa
Writer Maurício Costa
Author
Runtime 1 h 49 min
Country  Brasil
Release Date 18 outubro 2018
Actors
Starring: Anderson Shiessl, Anderson Vianna, Antônio Matias, Augusto César Leandro, Bernardo Figueiredo, Carlos Zarattini, Chico Vigilante, Cícero Santos, Daniel Bedoya, Daniel Coelho, Domingos Cardoso, Emília Dias, Fábio Damasceno, Felipe Barbosa, Gilmar Martins, Ilson Gomes da Silva, Jacy Hubner, Jeferson Sousa, Jeoiada Thomaz, Luiz Cláudio Pereira, Márcio Fontes, Matheus Moraes, Paulo Miranda, Professor Israel, Raquel Martins, Renata Flor, Ricardo Rodrigues, Roberto Taufick, Rômulo Neves, Sued Sílvio e Valdir Rodrigues.

Nota do Razão de Aspecto

 

O que você achou?

 
[Total: 3    Média: 3/5]