Paris 8 (Mes Provinciales, 2018)
Posters para ""

Paris 8 é uma obra metalinguística sobre o cinema, que discute a relação da sétima arte com a literatura, a filosofia e, em última instância, com a vida, tendo como pano de fundo a vida do jovem Etienne, que se muda de Lyon para Paris para estudar cinema na Paris 8 – a escola de cinema da Sorbonne. Nessa jornada, acompanhamos Etienne em sua autodescoberta, seus amores, seu amadurecimento e sua relação com os novos amigos, mergulhado na ansiedade juvenil de entender e de mudar o mundo, de dar sentido à vida e à sua arte.

Filmado em preto e branco, Paris 8 homenageia a estética do neo-realismo italiano e da nouvelle vague tanto no tema quanto no paralelismo de algumas cenas de filmes de Fellini. Etienne, por exemplo, tem um pouco do Antoine Doinel, de Truffaut. Jean-Paul Civeyrac consegue imprimir a sua obra uma atmosfera análoga à do cinema europeu clássico na Paris contemporânea, acompanhando personagens que parecem deslocados no tempo e no espaço por suas ideias, como se estivessem presos à Paris dos anos 1960. Esse anacronismo dá o tom da narrativa e da melancolia do protagonista, devido à falta de sentido que atribui aos seus objetivos.

Cometa a heresia citada pelos personagens de Paris 8 e confira a crítica do último filme de Paul Verhoeven: Elle.

A fruição de Paris 8 depende, umbilicalmente, do reconhecimento das referências cinematográficas, literárias e filosóficas, com grande ênfase, mas não exclusivamente, na cultura francesa, em nível variável de sutileza. A começar pelo nome original do filme, Mes Provinciales, que faz referência à obra As Provinciais, de Blaise Pascal, Paris 8 oscila entre a referência óbvia – como a aula de cinema em que se discute o neo-realismo italiano, o spaghetti western e o Gialo, de Fellini, Leone e Dario Argento, ou a longa conversa entre dois colegas de quarto sobre as ideias de Pascal em As Provinciais e Pensamentos – e a sutileza das obras literárias lidas pelo protagonista em momentos chave, como Flaubert. Se o espectador não reconhecer a maioria dessas referências, terá a experiência muito prejudicada, o que se torna o grande ponto fraco de Paris 8.

Para além do deleite do cinéfilo inveterado e do conhecedor da cultura francesa, Paris 8 tem uma narrativa lenta, com muitos monólogos, diálogos que parecem pouco naturais – ainda que aquele tipo de personagem exista no mundo real e eu tenha convivido com várias pessoas do mesmo estilo durante muito anos -, e com um protagonista nada carismático. Não tenho dúvida de que se trata de uma escolha estética proposital, mas que enfraquece Paris 8 como obra de maior alcance de público. Por outro lado, a própria discussão apaixonada sobre a verdade da obra cinematográfica em contraposição à vontade de agradar ao público já demonstra que Jean-Paul Civeyrac não quis nada mais do que realizar um filme honesto. E conseguiu.

 

Not rated yet!

Paris 8

20182 h 16 min
Overview

Etienne se muda para Paris com a intenção de realizar o seu sonho de estudar cinema. Na faculdade ele conhece Mathias e Jean-Noel, dois jovens que compartilham objetivos similares aos seus. No entanto, ao longo do ano, nem tudo sai como o planejado e ele vivencia junto com os amigos uma série de situações inusitadas e inéditas.

Metadata
Writer Jean-Paul Civeyrac
Author
Runtime 2 h 16 min
Country  France
Release Date 18 abril 2018

Nota do Razão de Aspecto

 

O que você achou?

 
[Total: 1    Média: 5/5]