O Mistério do Relógio na Parede (2018) – bonitinho, mas ordinário – Crítica
O Mistério do Relógio na Parede

O Mistério do Relógio na Parede tem um público alvo claro: crianças que tenham em torno de dez anos. Contudo, o longa parece achar que é necessário explicar cada movimento, quando não, deixar em aberto certas questões (furos) que mesmo os pequenos podem se questionar.

Há diversos valores de produção, mas os filmes precisam se lembrar que não basta fazer algo visualmente atraente se esquecem de algo basilar: o roteiro. A premissa é básica: um garoto órfão que vai morar com o tio bruxo e precisará lutar contra uma força maligna. O mote, de jeito algum é um problema a priori, o como é desenvolvido é que faz o filme despencar. Com muitas inconsistências e atropelos, além dos já mencionados diálogos explicativos.

o misterio do relogio na parede

As atuações são bem irregulares. Jack Black faz o que sempre faz, aquela cara bonachona. Cate Blanchett está no automático – inexplicável a participação dela aqui. Já o garoto , o jovem Owen Vaccaro, é terrível, lembra os piores momentos de Nat Wolff que fez Death Note na Netflix (há uma cena de grito bem parecida e uma de choro que dá vontade de chorar, pelo motivo errado). Aliás, todo o elenco infantil é bem fraco.

Como falei antes, o visual é digno, mas só parte dele. O design de produção da casa convence na criação de um clima fabulesco – nada comparável a um Guilhermo del Toro, mas dá pro gasto. Já os efeitos tem problemas de serem mais artificiais que o tom já pedia. Os práticos, contudo, sustentam bem. Tem um quê da série, também infantil, goosebumps (se o filme fosse um episódio acho que poderia funcionar, com alguma adaptação no final).

A mitologia construída é jogada na tela. O que tornam as resoluções abruptas e alguns personagens sobram, principalmente no elenco infantil. Fazendo o final bem decepcionante. O Mistério do Relógio na Parede é bonitinho, mas ordinário no sentido de ser extremamente comum e pedestre e de nos enganar (no pior sentido) no empurrando qualquer coisa na trama.

Antes filme era estranho ver o diretor Eli Roth (entre outros, o Albergue) a frente deste projeto. Ao termino dele, o estranhamento continua. Parece que tem algo torto ali, mesmo que algumas vezes ele flerte com o gênero que está mais acostumado, o foco infantil impede dele usar tudo que sabe. Para deixar claro: O Mistério do Relógio na Parede é um típico Sessão da Tarde sem carisma.

Not rated yet!

O Mistério da Casa do Relógio

20181 h 44 min
Overview

A aventura mágica conta a arrepiante história de Lewis que aos 10 anos se muda para a assustadora casa do tio que oculta um misterioso relógio no seu interior. A nova cidade é bastante pacata, mas isso muda quando Lewis acidentalmente acorda os mortos e a cidade é invadida por um mundo secreto de bruxas e feiticeiros.

Metadata
Director Eli Roth
Writer
Author
Runtime 1 h 44 min
Country
Release Date 15 setembro 2018

Nota do Razão de Aspecto

 

O que você achou?

 
[Total: 1    Média: 1/5]