Ferrugem (2018) – Crítica
Posters para "Ferrugem"

Ferrugem trata de um tema universal – o vazamento de vídeos íntimos de adolescentes nas redes sociais e suas consequências – com uma linguagem visual também universal, mas nem por isso menos representativa dos vários Brasis a serem representados no cinema. A história de Tati e René poderia ser a história de milhões de adolescentes no mundo inteiro e, de certam forma, é a história de todas as vítimas da traição da confiança.

Confira a cobertura completa do Festival de Sundance

Tecnicamente, Ferrugem é uma obra quase impecável. Com um ritmo compassado, a narrativa se divide em duas partes, a primeira, sobre Tati, a segunda, sobre Renê, ambas refletindo as consequências das escolhas dos personagens para si mesmos e para suas famílias. Algumas cenas são belíssimas, em especial o plano sequência de onze minutos dentro de um carro em movimento, enquanto chove lá fora e há sincronia perfeita entre o a neblina e a clareza do para-brisas e o conteúdo do diálogo dos personagens.

No centro do debate da narrativa de ferrugem, estão o machismo, a misoginia, a falta de preparo dos pais para lidar com a liberdade dos filhos na internet e as consequências brutais das atitudes consideradas “brincadeiras” nas redes sociais na vida real dos personagens. Nesse aspecto, Ferrugem dialoga com o Mexicano Depois de Lúcia, mas trata do tema de forma psicologicamente mais brutal e visualmente menos crua, e com o também concorrente do Festival de Sundance 2016, o norte-americano Assassination Nation, que eleva o tema dos vazamentos ao nível de histeria misógina, machista e conservadora, numa espécie de versão contemporânea de As Bruxas de Salem.

Com um ótimo trabalho de direção de Aly Muritiba, Ferrugem levanta questões sobre diversos impasses da sociedade das redes sociais, tais como o abismo geracional, o despreparo dos pais para ensinar aos filhos a responsabilidade necessária na vida virtual, o machismo e a misoginia arraigados em nossa sociedade, que se refletem na escolha irresponsável de assassinato de reputações de mulheres jovens, o moralismo e o conservadorismo que impedem o diálogo e prevenção de situações desastrosas.

Como você reagiria se sua filha tivesse um vídeo íntimo vazado você a julgaria por ter-se deixado filmar?  Você ficaria com vergonha? Você a apoiaria a ajudaria a superar a situação ? Seu relacionamento com seus filhos permite esse tipo de conversa ou você descobrira somente quando fosse tarde demais?  Estas são algumas das perguntas que Ferrugem nos deixa para serem respondias.

Para muito além de superproduções como Os 13 Porquês, da Netflix, Ferrugem é um filme necessário para o nosso tempo, para os pais e para os filhos desta geração. Uma história de ficção tão realista que poderia ser a de qualquer um de nós.

Confira a entrevista com o diretor do longa diretamente do Festival de Sundance:

Not rated yet!

Ferrugem

Overview

Assim como a maioria das meninas adolescentes Tati (Tiffanny Dopke) ama compartilhar sua vida nas redes sociais. Porém, quando menos espera, ela vai ter que amadurecer e lidar com as consequências de seus atos, depois que algo que ela não queria que se tornasse público é divulgado no grupo do WhatsApp de sua turma de colégio.

Metadata
Director Aly Muritiba
Writer Aly Muritiba, Jessica Candal
Author
Runtime
Country  Brazil
Release Date 20 Janeiro 2018

Nota do Razão de Aspecto

 

O que você achou?

 
[Total: 4    Média: 4/5]