Os 3 Melhores Filmes de Maio de 2018

Maio teve grandes lançamentos, incluindo os tão esperados blockbusters Deadpool 2 e Han Solo: Uma História Star Wars. Para muitos fãs, esses grandes lançamentos não corresponderam às expectativas. No razão, causaram controvérsia. Por outro lado, alguns filmes menos comerciais, mas de altíssima qualidade, marcaram o mês de maio de 2018.

Quer conhecer o pódio do mês? Antes, confira alista dos meses anteriores:

Melhores filmes de janeiro de 2018

Melhores filmes de fevereiro de 2018

Melhores filmes de Março de 2018

Melhores filmes de Abril de 2018

Os dez melhores filmes de 2017

Não esqueça que esta é uma lista individual, e não editorial. Por isso, a nota da crítica pode n!ao corresponder à presença na lista, se foram escritas por autores diferentes.

Antes do pódio, a menção honrosa para Han Solo: Uma História Star Wars.

E agora, a lista final:

3- Deadpool 2

O herói mais desbocado do cinema voltou com toda a força, sem se levar a sério. O resultado é um filme divertido, despretensioso e que nos faz rir do início ao fim – pelo menos para quem gosta desse tipo de humor. Lucas Albuquerque não curtiu tanto, mas, como a lista é individual, Deadpool 2 garantiu seu lugar no pódio.

2- Tully

Tully precisa ser visto mais de uma vez e é obrigatório para mães e pais de primeira, segunda ou terceira viagem. Este filme questiona, de forma inteligente, os padrões de comportamento e os valores de nossa sociedade em relação à maternidade e à paternidade. O roteiro de Diablo Cody surpreende pela sensibilidade e pela engenhosidade. Charlize Theron será forte candidata à temporada de premiações.

1- Lua de Júpiter

Lua de Júpiter é denso, tenso, curioso e difícil. Com diversas camadas alegóricas e realistas, com critica social e religiosa, este filme provoca reflexão e estranheza, mas como mais sofisticação e profundidade do que aquele filme de Aronofsky… Não direi mais nada sobre o tema para não estragar a experiência. Além disso, Lua de Júpiter é executado com virtuosismo, no bom sentido, pelo diretor Kornél Mundruczó, seja na direção de atores, seja na direção de cenas de ação, seja no jogo de câmera de diversos planos sequência. Uma pérola escondida em cinemas alternativos.

E você, concorda com lista? Publique a sua nos comentários!

Nota do Razão de Aspecto

 

O que você achou?

 
[Total: 0    Média: 0/5]
Posts relacionados
  • 31 maio 2016
  • 0
ALERTA: Esta crítica contém spoilers. Proceda à leitura por própria conta e risco. Confira a ficha técnica do episódio aqui         Nota do Razão de Aspecto:...
  • 3 abr 2018
  • 7
Março é o mês da ressaca pós-Oscar. O número de grandes lançamentos é menor e muitas “bombas” chegam aos cinemas. Felizmente, também há o que...
  • 15 set 2017
  • 0
Razonettes e Razoáveis ! Pelo segundo ano consecutivo, o Razão de Aspecto estará no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro! A cobertura do ano passado...