Os 3 Piores Filmes de Dezembro de 2017
Extraordinário

O ano terminou muito bem para o cinema (vide a nossa lista de melhores do mês passado), mas como praxe tivemos obras que deixaram a desejar. Felizmente apenas um filme recebeu a cotação mínima.

Mas antes, veja as nossas listas dos piores dos meses anteriores:
Os 3 piores filmes de janeiro
Os 3 piores filmes de fevereiro
Os 3 piores filmes de março
Os 3 piores filmes de abril
Os 3 piores filmes de maio
Os 3 piores filmes de junho
Os 3 piores filmes de julho
Os 3 piores filmes de agosto
Os 3 piores filmes de setembro
Os 3 piores filmes de outubro

Os 3 Piores filmes de novembro

Agora a nossa lista inédita com as tragédias de dezembro:

3) EXTRAORDINÁRIO:

Extraordinário

Talvez o filme mais querido desta lista e que talvez tenha te emocionado. Então antes de me achar um monstro vamos pensar em alguns pontos: a trama usa fórmula do garoto solitário e com marcas para fazer chorar. Além do clichê e da premissa comum (ao contrário do que o título prega), temos personagens monotônicos, um fanservice da estrutura livresca, além de uma narração que vem de lugar nenhum e só mastiga o texto para o público. E seja sincero: as pessoas falam e agem daquela maneira na vida real?

VEJA A NOSSA CRÍTICA COMPLETA DE EXTRAORDINÁRIO

2) ASSIM É A VIDA:

Assim é a Vida

É bem mais simples justificar os outros dois do que este de tão vazio que Assim é a Vida é. Comédia que tem como premissa ver a atribulada rotina dos bastidores de um casamento sob o ponto de vista dos organizadores. Tipos dos mais 
rasos permeiam a trama. Uma redundância de temas, cenários e piadas também incomoda. É a tríade: cômico-exagerado-caótico. No fim, o filme parece não sair do lugar. O tema da imigração está lá mais para ter uma cota de um assunto importante do que de maneira orgânica, era melhor não ter…

VEJA A NOSSA CRÍTICA COMPLETA DE ASSIM É A VIDA

1) BYE BYE JAQUELINE

Um dos piores nacionais do ano (confira aqui a lista), Bye Bye Jaqueline parece um episódio ruim de Malhação. Texto e atuações 100% artificiais tiram por completo a imersão na proposta. Uma câmera preguiçosa que não consegue filmar sequer um jogo de vôlei ou uma conversa casual. A trilha usada para preencher um vazio narrativo.

VEJA A NOSSA CRÍTICA COMPLETA DE BYE BYE JAQUELINE

 

E para você: quais foram os três piores filmes de dezembro?

Quer ver o nosso top 10 piores de 2017

Posts relacionados
  • 8 nov 2017
  • 0
Uber é a palavra da moda? Dirigios por Maurício Costa, diretor de #EraDosGigantes,  #UberXTáxis discute a chegada do aplicativo Uber e de seus concorrentes em Brasília...
  • 9 out 2016
  • 0
Kubo e as Cordas Mágicas é um provável candidato ao Oscar de melhor animação em 2017. Um deleite visual e narrativo. Assim podemos definir Kubo...
  • 10 maio 2016
  • 0
ALERTA: Esta crítica contém spoilers. Proceda à leitura por própria conta e risco. Confira a ficha técnica do episódio aqui     Nota Do Razão de Aspecto:   ————————————————————————————————————...